KSP world cup photos

1 10 2012

Some photos of me from the official photographer of the World Cup, John Bilderback.

Advertisements




Mauritius 2012

27 09 2012

Enquanto o meu video não sai, aqui ficam algumas fotos do Ding da etapa do KSP nas Maurícias 2012.

Vê a galeria de fotos no Flickr : 

http://www.flickr.com/photos/22987097@N03/sets/72157631631499167/





KSP World Tour – Mauritius – Day 1

16 09 2012

Ontem foi o último dia desta excelente etapa do campeonato do mundo de ondas, nas ilhas Maurícias.

Fiquei em 13º lugar na classificação geral e regresso a Portugal na 3ª feira, após 4 semanas no paraíso, acompanhado de muitos amigos que aqui fiz e com muito surf, ondas, vento e kite.

aqui algumas fotos do 1º dia de competição.

O vídeo desse mesmo dia com condições extremas, vento a rondar os 35 nós.





KSP World cup Mauritius 2012

9 09 2012

 

Algumas fotos minhas tiradas extra campeonato, uma de helicóptero pelo fotógrafo Alex Zlobinski e a outra após a prova pelo Mark Ding Glendinning muito fixes

Podem acompanhar o campeonato do mundo online em http://www.kspworldtour.com/, amanhã são as finais masculinas e femininas.

Perdi na 3ª ronda, que dava acesso aos quartos de finais, fui contra o Keahi , um dos melhores do mundo mas apenas perdi por 0,6 portanto estou feliz pela minha prestação , mas decepcionado porque foi um heat muito renhido, e o desfecho podia ter sido completamente diferente.

Apesar de em Portugal não termos estas condições, estava bem preparado com os treinos que tive nestas duas semanas.

Sempre com vento forte a rondar os 35 nós, fiz todos os meus heats com 5 metros e com uma prancha 6´8´´
Os próximos dias vao ser para treinar, filmar e tirar fotos, tenho que aproveitar que posso nao ter mais estas condicoes durante muito tempo 😛
Quero agradecer a todos os meus patrocinadores e ás pessoas que me apoiaram e especialmente a Bomcar !

 

 





Faltam dois dias para o campeonato

5 09 2012

A 2ª etapa do campeonato do mundo KSP começa na próxima 6ª feira e os heats podem ser seguidos em directo em http://kspworldtour.com/.

As previsões são brutais, dão ondulação com mais de 4 metros, o que dá uma onda gigante, sinceramente estamos todos um bocado assustados e o mais certo é a organização não lançar a prova no 1º dia.

Umas fotos minhas dos ultimos dias do fotógrafo Brasileiro Hugo Valente, que está a acompanhar os riders brasileiros.
A reportagem completa com mais fotos destes dias em:
http://www.gokite.com.br/noticias/view.php?cod=3148#.UEYdGKrPa24.facebook

Como podem ver na foto seguinte lá no fundo a torre dos juízes acabou de ser montada e é enorme !!





Campeonato do mundo KSP

30 08 2012

Estou nas Maurícias há uma semana a treinar para a etapa do KSP 2012, vim com a Inês Correia e estamos instalados numa bela casa situada á beira da lagoa, partilhamos a casa com mais riders para ficar mais económica a nossa estadia.

Este video é de ontem, hoje o tempo esteve muito instável, com chuva e quem arriscou teve que ser resgatado pelo barco, porque quando chove o vento acaba completamente.

O spot de Le Morne é o paraíso para o kite , com diversas ondas , sendo a mais radical e conhecida a “One Eye”, é uma onda muito rápida e cavada, que se forma em cima da barreira de coral, o grande perigo é a pouca profundidade de água, dois ou três palmos !

Dá para ver baleias e golfinhos no outside, além de diversos peixes dentro do reef, a segurança é feita pelo clube Mistral , como o vento é off-shore convem respeitar as bandeiras que exitem para a navegação de kite e windsurf. Já apanhamos um dia de bandeira vermelha, porque as ondas estavam muito grandes e o canal não permite a saída do barco do resgate.

Tenho utilizado todos os dias o kite 7 metros e a confiança tem estado a aumentar, a prova começa dentro de uma semana e as previsões de onda são brutais, aqui fica um video do campeonato do ano passado





Atlantic Games – a competição náutica dos jovens europeus

15 07 2012

Fui escolhido juntamente com a Inês Correia, para representar Portugal nos Atlantic Games, na categoria de kitesurf, uma competição organizada pelo comité internacional dos jogos náuticos atlânticos, este ano a competição é na Bretanha, Península de Quiberon –Morbihan – França, entre 16 e 20 de Julho.

Podes  obter toda informação no site oficial da prova.

(Foto da edição de 2011 em Inglaterra)

Os Atlantic Games nasceram da vontade de várias regiões europeias do Arco Atlântico de promover os desportos náuticos através de uma competição internacional reservada aos jovens, onde perto de 500 desportistas competem todos os anos para colocar a sua região no lugar mais alto do pódio.

O Espaço Atlântico é uma das principais bacias da prática náutica ao nível mundial, onde os seus desportistas sobem regularmente aos pódios dos Jogos Olímpicos.

Os Jogos juntam jovens do mais alto nível desportivo regional, nacional, e nternacional, em modalidades náuticas reconhecidas pelas Federações Internacionais.

Pelo seu carácter internacional é uma experiência desportiva muito enriquecedora para os jovens que procuram atingir o mais alto nível mundial e Olímpico.

Mais abertos na selecção que os Campeonatos do Mundo ou da Europa, os Jogos permitem às federações desportivas enviar e observar jovens esperanças a competir com desportistas estrangeiros.

(Foto da edição de 2011 em Inglaterra)

O Comité Internacional deseja fazer dos Jogos a “montra” das práticas náuticas à escala europeia. Uma competição regida pelo comité internacional dos jogos náuticos atlânticos, que na edição de 2012 se desenrola na Península de Quiberon –Morbihan – França.

Os Atlantic Games nasceram da vontade de várias regiões europeias do Arco Atlântico de promover a náutica através de uma competição internacional reservada aos jovens, perto de500 desportistas competem todos os anos para colocar a sua região no lugar mais alto do pódio.

Os Jogos juntam jovens do mais alto nível desportivo regional, nacional, e internacional, em modalidades náuticas reconhecidas pelas Federações Internacionais, pelo seu carácter internacional é uma experiência desportiva muito enriquecedora para os jovens que procuram atingir o mais alto nível mundial e Olímpico. Mais abertos na selecção que os Campeonatos do Mundo ou da Europa, os Jogos permitem às federações desportivas enviar e observar jovens esperanças a enfrentar desportistas estrangeiros.

O Comité Internacional deseja fazer dos Jogos a “montra” das práticas náuticas à escala europeia.